A tecnologia de interfaces controladas pelo cérebro (BCI – Brain-Computer Interface) não é nova. E enquanto essa tecnologia ainda engatinha, muitos avanços tem sido feitos em vários laboratórios ao redor do mundo, e muitos pacientes com paralisia cerebral tem conseguido realizar movimentos simples e rudimentares em próteses utilizando essa tecnologia.

Da mesma forma, corrida de drones não é nada novo.  Acontece que o esporte tem tomado proporções cada vez maiores dentro de sua comunidade com eventos cada vez mais elaborados.

Agora usar essa tecnologia para conectar seu cérebro a um drone? Bom, isso definitivamente é coisa nova.

BCI - Tecnologia foi utilizada para controlar drones a partir de ondas cerebrais
BCI – Tecnologia foi utilizada para controlar drones a partir de ondas cerebrais

Na semana passada a Universidade da Flórida (EUA)  fez isso pela primeira vez usando um software BCI para controlar um grupo de drones DJI Phantom.  16 pilotos usaram apenas ondas cerebrais para fazerem seus respectivos drones percorrer cerca de 9 metros em linha reta.

Verdade seja dita, a corrida em si é bem simplória. Mas quem se importa quando os drones estão sendo controlados pelo SEU CÉREBRO!?

Então como exatamente essa tecnologia BCI funciona?

Os pilotos utilizam uma espécie de encefalograma no formato de um headset que por sua vez estão calibrados apenas para o cérebro do piloto. Por exemplo, atividade neurológica é gravada quando o usuário é solicitado a pensar como se estivesse empurrando algo pra frente. Essa atividade então é relacionada com o controle do drone que o move para frente, então quando o usuário emitir novamente uma onda cerebral parecida, o controle do drone é acionado, o impulsionando para frente.

Basicamente é a mesma coisa quando você configura novas teclas de comando quando vai jogar um videogame pela primeira vez, só que dessa vez usando ondas cerebrais ao invés de teclas de um joystick.

Veja o vídeo (em inglês) com a tecnologia sendo utilizada.

[su_youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=C0s3w-wqcI8″]

Como você pode perceber neste vídeo , estes drones controlados pelo cérebro não estão exatamente prontos para uma pista de corrida. Mas conforme essa tecnologia evolui, podemos esperar no futuro que o BCI fará parte de muitas das nossas atividades diárias.

Fabio Ferreira on EmailFabio Ferreira on InstagramFabio Ferreira on Twitter
Fabio Ferreira

Desenvolvedor Javascript e PHP, é editor do blog Café na Veia e também atua como desenvolvedor web freelancer na cidade de São Paulo.


Author: Fabio Ferreira

Desenvolvedor Javascript e PHP, é editor do blog Café na Veia e também atua como desenvolvedor web freelancer na cidade de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram did not return any images.

Siga também nosso Instagram!