Idéias geniais, baixo orçamento e muita pressa. Geralmente essas são as 3 situações quase que absolutas no nascimento de uma startup. Mas você sabia que muitos cases de sucesso conseguiram chegar ao topo de seus objetivos utilizando serviços de desenvolvedores freelancers e home office?

Abrir uma empresa e desenvolver um produto ou serviço envolve trabalhar de maneira rápida e eficiente. Você precisa se assegurar que sua startup oferece valores em termos de inovação, qualidade e conveniência, mesmo que talvez esteja iniciando com um baixo orçamento e precise correr para alcançar a liderança nos negócios frente a concorrência.

O que vai mesmo contar é quais os talentos que você tem em sua equipe. O problema, muita vezes, é que você talvez tenha recursos limitados para realizar contratações de peso. Existe porém uma abordagem alternativa que muitas empresas recorreram na fase inicial de sua startup: desenvolvimento outsource.

Outsource é uma modalidade de contratação de serviços terceirizados, onde o profissional poderá prestar os serviços de desenvolvimento a distancia, até mesmo em outro país (daí o termo outsource, ou “recursos externos”).

Enquanto essa abordagem talvez ainda seja desconhecida no Brasil por talvez existir uma grande controvérsia em se usar mão de obra outsource, listarei neste post 25 grandes startups que atingiram o sucesso usando essa estratégia para lançar seus projetos:

 Startups de Sucesso com Freelancers

  1. Slack: Hoje avaliada em cerca de 3 bilhões de dólares, a empresa utilizou desenvolvedores freelancers para criar o projeto do seu famoso app de gestão de equipes em sua fase inicial.
  2. Fab: Esta grande startup fez uma parceria com desenvolvedores independentes da Índia que resultou em um custo de desenvolvimento menor aliado a possibilidade de escalonar a equipe quando o negócio começasse a dar sinais de crescimento.
  3. Skype: O início do Skype foi com a contratação de desenvolvedores freelancers da Estônia.
  4. Klout: Para agilizar seu processo de planejamento e desenvolvimento antes do lançamento, a Klout se valeu de freelancers espalhados em vários países.
  5. AppSumo: A empresa é famosa por usar freelancers em vários setores, como marketing, criação de conteúdo, além da IT para incrementar os negócios.
  6. Staff.com:  Tendo como principal produto oferecer serviços de freelancers outsource talentosos para as empresas contratantes, a Staff.com também se valeu do mesmo modelo para evoluir sua startup em uma empresa multinacional de muito sucesso.
  7. Branchout: Esse app foi desenvolvido 100% com mão de obra freelance.
  8. Github: A empresa usou inúmeras pessoas para finalizar o desenvolvimento que trabalharam virtualmente em suas casas em home office.
  9. Basecamp: A mesma prática de contratação freelancer outsource do Basecamp fez com que ela se tornasse a grande empresa de tecnologia que é hoje.
  10. AlertBoot: A empresa decidiu terceirizar sua IaaS (Infrastructure-as-a-Service) e hospedagem cloud para agilizar o processo de desenvolvimento em várias áreas.
  11. MYSQL: Desde o começo a empresa acreditou e provou o sucesso de uma estratégia de crescimento que incluía a utilização de profissionais freelancers em vários países para aumentar suas operações em cada uma dessas localidades.
  12. SeatGeek: Essa empresa encontrou um modelo de custo-benefício altamente eficiente por terceirizar tarefas específicas a freelancers de vários países. Isso os ajudou a montar sua infraestrutura mais rapidamente a um custo bem reduzido em comparação com contrações de profissionais internos.
  13. Squawker: Esta empresa fez uma parceria com uma provedora de profissionais outsource para desenvolver as soluções de sua plataforma.
  14. JPay.com: Desenvolvedores de vários lugares do mundo desenvolveram sua tecnologia e infraestrutura. Freelancers da India, China e Israel foram contratados. A empresa cresceu e eventualmente foi vendida por alguns milhões de dólares para a Securus Technology.
  15. Splunk: Esta empresa, conhecida por seu serviço de busca e análise de dados, se valeu de agências de outsource para encontrar talentos que rapidamente desenvolveram suas soluções de infraestrutura.
  16. Opera: O navegador web se apoiou no desenvolvimento com freelancers de vários países para implementar sua plataforma.
  17. Pingar: A Pingar ajuda empresas a lidar com análise de dados. Enquanto se estabelecia no mercado, utilizou mão de obra freelancer em praticamente todos os setores de desenvolvimento.
  18. Axeda: Para desenvolver sua solução baseada na nuvem, a empresa se apoiou em desenvolvedores freelancers.
  19. Solix: Até mesmo empresas especializadas em fornecer profissionais outsource utilizaram talentos outsource para criar sua infraestrutura, e a Solix foi uma delas.
  20. Cloudmunch: Esta empresa com sua Platform-as-a-Service (PaaS) contratou freelancers da Europa para compor seu time de talentos para iniciar suas operações.
  21. Gliffy: Esta empresa com sua plataforma web de diagramação utiliza até hoje freelancers que atuam em setores específicos de desenvolvimento e aprimoramento de suas soluções.
  22. Net2Text: A empresa terceirizou 100% o desenvolvimento de sua plataforma de pagamento mobile com freelancers outsource.
  23. Proximate Global Inc.: Esta empresa utilizou uma equipe remota de freelancers para desenvolver seu serviço de localização para smartphones chamada Face2Face.
  24. Mailburn: Este app de cliente de email para iPhone foi desenvolvido graças ao talento de vários freelancers contratados através de uma agência especializada em outsource.
  25. Mindspark: Este app, assim como muitos outros desenvolvidos pela empresa, possuem freelancers contratados na linha de frente de desenvolvimento.

Estas startups, e muitas outras, reconhecem os grandes benefícios que o outsource traz, seja contratando profissionais de fora do país ou mesmo em sua localidade trabalhando remotamente. A principal vantagem é que o custo do outsource para as startups é muito menor em relação a contratações internas. Os profissionais freelancers geralmente possuem qualificações bem específicas e muitos podem ser contratados com base em comentários e avaliações de seus empregadores, o que garante uma maior segurança na qualidade de seus serviços. Assim a startup consegue lançar seus produtos com maior rapidez e menor custo.

Minha dica: se você procura por profissionais freelancers, como Fabio Mingorance, autor deste blog, teste o serviço de alguns deles, verifique se o código é limpo e se ele(s) atendem ao seu prazo, antes de realizar um contrato de longo prazo. Existem inúmeras histórias de terror nesta questão, então tenha certeza de que tenha alguém que saiba programar perto de você para poder entender e avaliar o trabalho de um freelancer.

Fabio Ferreira on EmailFabio Ferreira on InstagramFabio Ferreira on Twitter
Fabio Ferreira

Desenvolvedor Javascript e PHP, é editor do blog Café na Veia e também atua como desenvolvedor web freelancer na cidade de São Paulo.


Author: Fabio Ferreira

Desenvolvedor Javascript e PHP, é editor do blog Café na Veia e também atua como desenvolvedor web freelancer na cidade de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram did not return any images.

Siga também nosso Instagram!